SPDM - Fisioterapia

Música e Saúde

Música e Saúde

Vamos conversar sobre um assunto talvez pouco divulgado, mas de grande influência no nosso dia a dia. Já ouviu falar de terapia com música? Ou musicoterapia? Infelizmente algumas pessoas escutam falar dessa proposta de tratamento e interpretam como uma terapia lúdica e simples, em que se ouve e toca música com efeitos apenas relaxantes.

Na verdade a terapia com música é um tipo de tratamento muito sério com resultados comprovados. Existem estudos que atestam sua influência nas variáveis fisiológicas de recém-nascidos, como oxigenação do sangue, frequências respiratória e cardíaca. Outros demonstram ainda o aumento do índice de aleitamento materno. A influência da música em nossas vidas e em nossa fisiologia é algo inerente à nossa natureza, tanto que você mesmo deve se lembrar de músicas que o(a) remetem a momentos agradáveis, que marcaram uma fase especial, assim como também temos músicas que nos entristecem. Você deve estar se perguntando: o que a musicoterapia tem a ver com saúde? Tudo.

Diante do cotidiano estressante que encaramos atualmente, é fácil para você, após um dia exaustivo de trabalho, encontrar tempo para participar de algum tipo de terapia ou atividade relaxante? Acredito que a maioria de nós não consiga, mas passamos longo período no transporte até nossas casas. Esse tempo é precioso. Uma sessão de musicoterapia pode se pautar em diferentes protocolos: em algumas sessões os pacientes interagem com a música, fazendo parte do grupo que ao manipular seus instrumentos ao mesmo tempo formarão uma melodia, ou ainda, pode apenas envolver o ato de ouvir determinada música visando diminuir a tensão muscular e garantir melhor eficiência da fisiologia do corpo.

A terapia com música cresceu bastante nas últimas décadas e traz consigo uma gama enorme de possibilidades de protocolos. Cada uma dessas propostas utiliza uma forma diferente de interação entre o corpo e a música como intervenção terapêutica. Você pode melhorar sua saúde ao ouvir músicas agradáveis ao seu gosto enquanto se desloca de casa para o trabalho e vice-versa. Essa será sua sessão de terapia com música diária particular! Você não precisa ser um especialista em musicoterapia para se beneficiar dessa interação do seu corpo com o som, com a melodia.

Algumas pessoas sortudas também têm a possibilidade de ouvir música durante o trabalho. Aproveitem e escolham bem a trilha sonora para os seus dias. Entendam que, mesmo que vocês não estejam sendo submetidos a uma sessão clássica de musicoterapia, ouvir música é um costume muito saudável. Claro que para os “roqueiros” o conselho é escolher algo mais calmo e harmônico, pois, da mesma forma que o som pode influenciar positivamente os parâmetros fisiológicos do nosso corpo, pode alterá-los de forma negativa quando causa agitação e nervosismo ao ouvinte, mesmo que este adore a música.

Espero ter passado informações que possam melhorar o dia a dia de vocês. Abraços e música boa para todos!

 

Karina300x225

Karina Costa Dias - Fisioterapeuta no Centro de Reabilitação Lucy Montoro
Unidade São José dos Campos - Rede Lucy Montoro

   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032