SPDM - Fisioterapia

Shantala, o toque do bem-estar

Shantala, o toque do bem-estar

Quem não gosta de massagem? Pois você sabia que existe um tipo de massagem especial para bebês? A shantala! Essa técnica, na verdade, é milenar na cultura indiana, porém foi trazida ao conhecimento de um público maior por meio da viagem do médico obstetra francês Frederick Leboyer a Calcutá, na Índia, na década de 1970. Lá o médico assistiu a uma mãe enquanto ela realizava a massagem em seu filho – essa mãe se chamava Shantala! Daí o nome da técnica, que passou a ser retratada pelo médico em seu livro assim que ele retornou a seu país.

A massagem pode durar entre 15 e 30 minutos e os bebês a partir de três semanas de idade já podem receber a técnica. Os movimentos são lentos, suaves, com pressão leve a moderada. Nos membros, lembram o movimento de torção de uma toalha; as mãos da mãe devem deslizar suavemente por toda a superfície massageada, não se esquecendo nem mesmo do rosto do bebê.

Entre os benefícios que a massagem pode oferecer, a shantala traz como diferencial a conexão forte entre mãe e bebê por meio do contato suave e prolongado. É um momento de calmaria e relaxamento para ambos. Lembrem-se, mamães, que o importante é o amor e o carinho com seu pequeno, podendo a shantala ser mais uma ferramenta que possibilite essa pausa no dia a dia de mãe e bebê.

Karina300x225

Karina Costa Dias - Fisioterapeuta no Centro de Reabilitação Lucy Montoro
Unidade São José dos Campos - Rede Lucy Montoro

 3832
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032