SPDM - Reprodução Humana

Qual o melhor tratamento para engravidar perto dos 40 anos?

 casais_velhos

 

 

 

 

Sabe-se que o potencial reprodutor da mulher tende a reduzir após os 37 anos, tanto pela diminuição do número de folículos (e, portanto, de óvulos) nos ovários quanto pela piora da qualidade dos óvulos.

Assim, é de se esperar que a taxa de gravidez seja menor conforme a idade avança, como mostra o gráfico. 

 

 

 

 

 

casais_velhos_graficoNo entanto, a perda do potencial não é uniforme para todas as mulheres. Dependendo de estudos hormonais e ultrassonográficos, podem ser selecionadas pacientes que, apesar da idade, têm possibilidade de engravidar com acompanhamento do médico especialista.

Surge, então, a pergunta: se o casal é normal em todos os aspectos (chamada infertilidade sem causa aparente) e a mulher tem idade ao redor de 40 anos, qual é o procedimento que aproveita melhor o potencial restante dessa paciente, produzindo taxas maiores de gravidez?

Em junho deste ano, uma revista americana altamente conceituada publicou um trabalho mostrando o que é melhor.

A tabela abaixo mostra os tratamentos feitos em cada grupo e as taxas de gravidez, após duas tentativas.

  Tratamento Gravidez (%)
Grupo 1 Inseminação com remédios orais 21,6%
Grupo 2 Inseminação com remédios injetáveis 17,3%
Grupo 3 Fertilização in vitro 49%

 

Fica claro que o melhor procedimento, nos casais com infertilidade sem causa aparente em que a mulher tem idade próxima a 40 anos, é a fertilização in vitro. Outra vantagem desse tratamento é a de possibilitar a verificação genética do embrião, tendo potencial para detectar embriões com síndromes, o que é mais comum nas mulheres de mais idade.

 

 

fotonova

Dr Jorge Haddad-Filho, médico do Serviço de Reprodução Humana do Hospital São Paulo