SPDM - Saúde em geral

Mogi terá rede de combate ao câncer no Hospital Luzia de Pinho Melo

 Luzia de Pinho MeloO Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, será integrado à Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer, conforme anunciou o governador Geraldo Alckmin (PSDB), durante vistoria técnica ao Hospital de Braz Cubas ontem.

Segundo ele, a ligação do hospital mogiano ao programa garantirá o atendimento em oncologia para toda a população do Alto Tietê. De acordo com o site do governo de São Paulo, o programa conta com investimento de R$ 6,6 milhões somente para a radioterapia do Luzia de Pinho Melo.

Alckimin fez o anúncio durante o discurso de inauguração. "Vamos fazer em Mogi o mesmo que fizemos no Hospital Guilherme Álvaro, em Santos", disse o governador. "Com a Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer, o paciente que chega em qualquer hospital de qualquer cidade do Estado terá um cadastro no Instituto do Câncer (Icesp), de modo que será indicado qual é o tipo de serviço que necessita e qual é o centro mais próximo e adequado para seu tratamento."

Hoje, 71 hospitais fazem parte do programa no Estado, de acordo com Alckmin. "Reservamos um espaço no estacionamento do Luzia de Pinho Melo para que possamos construir esta nova unidade do câncer", explicou Alckmin.

O secretário de Estado da Saúde , Giovanni Guido Cerri, disse que esta rede trará os equipamentos para tratamento em quimioterapia e radioterapia para a região, o que beneficiaria não apenas aos cidadãos mogianos. Ele afirmou também que é possível que o governo alugue os equipamentos necessários, enquanto não há o prédio para este tipo de atendimento.

Cerri também afirmou que o aparelho de ressonância magnética chegará à cidade antes do fim deste mês. Quanto ao tomógrafo, que teve uma peça danificada no valor de R$ 95 mil (de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde), o secretário disse que volta a funcionar amanhã e, caso volte a apresentar problemas, será trocado por um novo.

Para o secretário, é essencial que a população tenha consciência de que os hospitais das clínicas são direcionados aos atendimentos de média e alta complexidade, de modo que é aconselhável que os pacientes de baixa complexidade procurem aos hospitais municipais e Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Participaram da inauguração os prefeitos de Suzano, Ferraz, Poá, Salesópolis, Igaratá, Biritiba Mirim, Guararema, Arujá, o prefeito e os vereadores de Mogi, secretários do município e os deputados estaduais André do Prado (PR), Heroilma Tavares (PTB) e Luiz Carlos Gondim(PPS).

Fonte: Diário de Suzano ed.: 9556 - 03 de julho de 2013

 3485
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032