Dica Cultural

Cinco filmes com espírito de natal

Cinco filmes com espírito de natal

Então é natal, tempo de alegria, de rever os amigos, estar perto da família. É nesse período de festas, quando as casas e as ruas estão enfeitadas para a chegada do bom velhinho, que abrimos nossos corações para a esperança, o perdão e para planejar novos sonhos.

Entrando nesse clima mágico, escolhemos cinco filmes que têm tudo a ver com o momento. Separe sua caixa de lenços, prepare a pipoca e chama o pessoal, que a sessão já vai começar!

Natal Clássico

Lançado em 1946, o filme A felicidade não se compra é uma delícia de se assistir. E nos faz pensar.

O candidato a anjo Clarence (Henry Travers) tem uma missão: trazer de volta a vontade de viver de George Bailey (James Stewart). George está totalmente desanimado com sua vida: largou seus planos e sonhos para cuidar do legado de seu pai.

Clarence, que deseja muito receber suas asas, mostra para George como seria triste a vida das pessoas sem ele ali. É véspera de natal e esse empresário de bom coração tem a incomum oportunidade de ver como sua vida vale a pena.

A felicidade não se compra (It's a Wonderful Life, EUA, 1946), dirigido por Frank Capra, com James Stewart, Donna Reed, Lionel Barrymore, Thomas Mitchell, Henry Travers, Beulah Bondi, Frank Faylen, Gloria Grahame, Samuel S. Hinds e      Sheldon Leonard.

Natal Divertido

Susan (Mara Wilson) não acredita que Papai Noel exista. Sua mãe Dorey (Elizabeth Perkins) contou a ela o “grande segredo” do bom velhinho e, por isso, ela não espera receber os presentes mais importantes de sua lista.

Mas é natal, e essa é uma história de magia e sonhos, e a garotinha de seis anos conhece Kriss Kringle (Richard Attenborough), o Papai Noel muito especial de uma loja de departamentos, que assume a missão de trazer para a Susan o presente mais precioso de todos - algo em que acreditar.

O Milagre da Rua 34 é uma refilmagem do famoso clássico de 1947.

Milagre na Rua 34 (Miracle on 34th Street, EUA, 1994), dirigido por Les Mayfield, com Mara Wilson, Richard Attenborough, Elizabeth Perkins, Kathrine Narducci, J.T. Walsh, James Remar, Jane Leeves, William Windom e Robert Prosky.

Animação de Natal

Desde que Charles Dickens publicou A Christmas Carol, em 1843, a história virou símbolo do espírito natalino e já ganhou inúmeras versões em livros, filmes e teatro.

Essa adaptação animada dos estúdios Disney conta, com efeitos 3D, a história do mal-humorado Ebenezer Scrooge (Jim Carrey). O velho ranzinza despreza o Natal, e está sempre a gritar e desprezar seus funcionários, seu sobrinho e todas as pessoas.

Mas será que quando os fantasmas Natal do Passado, Presente e Futuro o levam em uma jornada que o ajuda a enxergar a solidão que suas maldades ocasionaram, Scrooge abrirá seu coração para se livrar de anos de negativismo?

Os Fantasmas de Scrooge (Disney's A Christmas Carol, EUA, 2009), dirigido por Robert Zemeckis, com animação baseada em      Jim Carrey, Gary Oldman, Colin Firth, Robin Wright, Bob Hoskins, Cary Elwes, Fionnula Flanagan, Paul Blackthorne, Lesley Manville, Sammi Hanratty, Molly C. Quinn, Daryl Sabara e Raymond Ochoa.

Natal em Família

Junon Vuillard (Catherine Deneuve) está doente. Precisa de um transplante de medula e recorre aos filhos. O do meio, Henri (Mathieu Amalric), é compatível, o caçula, Ivan (Melvil Poupaud), não é. A filha mais velha, Elizabeth (Anne Consigny), também é incompatível, mas seu filho, o neto de Junon, Paul Dedalus (Emile Berling), pode doar a medula para a avó.

Não seria um problema, se Junon não tivesse suas diferenças com o filho e não fosse quase uma estranha para o neto.

É durante o Natal que essa família com relações tão delicadas se encontra, para tentar resolver os problemas do passado.

Um conto de natal (Un conte de Noël, França, 2008), dirigido por Arnaud Desplechin, com Catherine Deneuve, Jean-Paul Roussillon, Anne Consigny, Mathieu Amalric, Melvil Poupaud, Hippolyte Girardot, Emmanuelle Devos, Chiara Mastroianni e Laurent Capelluto.

Natal Mágico

O Expresso Polar é pura magia. Baseado no livro de mesmo nome, do escritor Chris Van Allsburg, o filme é muito interessante em diversos aspectos, como ser o primeiro a usar uma tecnologia de animação baseada em contornos e expressões de atores reais, ou porque se passa em cenários grandiosos, como a viagem pelo Pólo Norte e a cidade do Papai Noel, com a maior árvore de natal imaginada. Uma incrível curiosidade, que acaba não tendo a mínima importância, é que nenhum personagem tem nome.

Às vésperas do Natal, um garotinho cético, que não acredita nem um pingo (será?) na magia toda e no próprio Papai Noel, se vê dentro de um trem que leva crianças que, como ele, não acreditam nestas histórias, em uma longa viagem cheia de aventuras pelo frio e muito branco Pólo Norte.

Os eventos mágicos que a turminha presencia na viagem mostra que acreditar vale a pena!

O Expresso Polar (The Polar Express, EUA, 2004), dirigido por Robert Zemeckis, com animações baseadas em Tom Hanks, Leslie Harter Zemeckis, Eddie Deezen, Nona Gaye, Josh Hutcherson, Michael Jeter, Steven Tyler, Peter Scolari, Chris Coppola e Charles Fleischer.

 3569
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032