Dica Cultural

Cisne Negro, um filme que vai mexer com você de todas as maneiras

Cisne Negro, um filme que vai mexer com você de todas as maneiras

Perturbador e complexo. Para quem gosta de filmes que mexem com o psicológico e trabalham questões como neurose, alucinações, delírio e dualidade, a pedida da vez é Cisne Negro.

O filme gira em torno da montagem de um clássico espetáculo no mundo do balé, O Lago dos Cisnes. Beth (interpretada por Winona Ryder) é a primeira bailarina da companhia e está prestes a se aposentar, o que faz com que a vaga para o papel principal fique aberta. A escolhida para assumir o posto é a jovem Nina (vivida por Natalie Portman), que finalmente vê a chance de brilhar em sua carreira.

Mas Nina sofre com uma série de problemas pessoais que perturbam sua mente, agravados principalmente por conta das pressões exercidas por Erica (Barbara Hershey), sua mãe superprotetora e controladora, que está sempre exigindo que ela seja perfeita, e pelo seu exigente e manipulador diretor artístico, Thomas Leroy (Vincent Cassel).

O espetáculo montado no filme trata de dualidade, trazendo à tona o cisne branco, que representa a inocência, pureza e delicadeza, e o cisne negro, representando a sensualidade, a perversidade e a paixão. Delicada, Nina está sempre em busca da técnica perfeita e é ideal para o papel de cisne branco, mas, por ser extremamente reprimida, não consegue aceitar seu outro lado. Thomas Leroy pressiona Nina para que ela aflore seu lado “cisne negro”, e faz isso provocando-a e mexendo com seus desejos mais íntimos, na tentativa de despertar sua malícia.

Para completar, Nina se sente ameaçada com a presença de Lily (Mila Kunis), outra bailarina da companhia que não tem a mesma técnica perfeita, mas se destaca pela naturalidade e sensualidade com que dança. Exatamente o que falta em Nina.

O conflito com a mãe, o medo de ser substituída e a dificuldade em aceitar seu próprio lado mais sombrio resultam em uma enorme pressão, vinda de todos os lados, que faz com que Nina desencadeie crises e comece a alucinar.

O longa explora ao máximo a psique de Nina e é visto a partir do ponto de vista dela. Sua mente perturbada faz com que quem assista ao filme também seja atingido, com a mistura entre realidade e alucinação. Natalie Portman tem uma atuação espetacular na trama, o que lhe rendeu cinco premiações de melhor atriz, entre elas o Oscar, Globo de Ouro e Bafta. Por mais perturbador e angustiante que seja, quando chegamos ao desfecho do filme, que por sinal é uma cena extremamente impactante, não há arrependimentos por ter assistido Cisne Negro.

Cisne Negro (Black Swan, 2011, EUA) dirigido por Darren Aronofsky, com Natalie Portman, Winona Ryder, Mila Kunis, Barbara Hershey, Vincent Cassel, Sebastian Stan, Janet Montgomery, Toby Hemingway.

 3327
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032