Dica Cultural

A cura: uma história de amizade que supera preconceitos

A cura: uma história de amizade que supera preconceitos

Na semana em que comemoramos o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, trazemos um filme que aborda a doença de uma maneira diferente.

A cura conta a história de Erik (vivido por Brad Renfro) e Dexter (Joseph Mazzello). Erik é um filho de pais separados, que não recebe muita atenção nem do pai e nem da mãe. Deixado de lado pelos próprios pais, ele acaba se tornando um jovem muito solitário, sem amigos, triste e entediado. Para completar, o menino ainda é alvo de chacotas na escola por ser vizinho de Dexter, de 11 anos, que é portador do vírus da Aids.

Na época, ainda persistia a ideia de que a Aids era uma doença exclusiva de homossexuais. O filme consegue desmistificar um pouco esse aspecto ao mostrar que Dexter contraiu o vírus através de uma transfusão de sangue.

Na escola, Erik era xingado e tentava se defender dizendo que nunca nem havia visto seu vizinho, o que era verdade. Se atualmente ainda há pessoas que, infelizmente, acham que é possível se contaminar através de um beijo ou um abraço, imagine como isso era pior na década de 90. Erik vai contra todos a sua volta e supera seus próprios preconceitos ao se aproximar de Dexter. Nasce então uma linda amizade entre os dois, que quebra barreiras e muda a vida dos garotos. Erik também fica muito ligado à mãe de Dexter, Linda (Annabella Sciorra), mais do que à sua própria mãe, que não aprovava sua amizade com Dexter.

Depois de lerem em uma revista que um médico de Nova Orleans afirmava ter encontrado a cura da Aids, os dois amigos resolvem partir em uma aventura para encontrar este homem. Reunindo coragem e muito companheirismo, eles viajam por terra e mar juntos atrás de esperança.

O filme trata principalmente sobre amizade, como ela é importante em momentos cruciais da nossa vida e como é menos doloroso enfrentar situações difíceis quando temos um amigo ao nosso lado. Erik faz de tudo para tentar ajudar Dexter. O longa consegue deixar claro que o preconceito sofrido por portadores do vírus da Aids, baseado em pura falta de informação, não faz o menor sentido.

A cura (The cure, 1995, EUA) dirigido por Peter Horton, com Brad Renfro, Joseph Mazzello, Bruce Davison, Annabella Sciorra, Diana Scarwid, Jeremy Howard.

 2191
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032