Notícias

Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence já formou 253 residentes

Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence já formou 253 residentes

A faculdade de medicina, com duração de seis anos de muita dedicação, forma médicos aptos à atuarem como generalistas em hospitais ou unidades básicas de saúde, no Programa Saúde da Família (PSF) mas, para ser um especialista, como cirurgião, ortopedista ou neurologista, é necessário fazer uma Residência Médica.

Por um período que pode variar de dois a cinco anos, dependendo da especialidade escolhida, o residente atua em um hospital ou instituição de saúde, sob a orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional.

O Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence (HMJCF), de São José dos Campos, tem seu próprio Programa de Residência Médica, que completou, no dia primeiro de fevereiro, 16 anos de atuação e formou, até agora, 253 residentes nas especialidades de Anestesiologia, Cirurgia Geral, Clínica Médica, Medicina Intensiva Adulta e Pediátrica, Neonatologia, Neurocirurgia, Neurologia, Obstetrícia e Ginecologia, Ortopedia e Traumatologia e Pediatria.

“Para o profissional médico, é considerado o padrão de excelência para a especialização médica. A exigência dos requisitos mínimos para o Programa de Residência Médica, como volume de atendimentos, nível de complexidade e perfil dos preceptores, garante uma formação adequada para o futuro especialista. Ao mesmo tempo, para o hospital, resulta em um ambiente propício para uma prática médica de excelência”, explica Marcos Antônio Silva, Diretor Médico do HMJCF.

O Programa teve início no ano de 2000 com apenas três especialidades e três vagas cada. “O número de especialidades assim como o número de vagas foram aumentando ao longo do tempo, e hoje temos 101 residentes em curso atualmente”, conta Marcos.

O ingresso ao Programa de Residência Médica do HMJCF é feito por concurso, a formação exige dedicação de 60 horas semanais durante toda a duração do curso, e oferece suporte técnico e prático no cotidiano de trabalho, com o objetivo de treinamento em serviço, além de fomentar a introdução desses profissionais no universo acadêmico, através da pesquisa científica.

“A proximidade na relação residente-hospital, até pela oportunidade de desenvolvimento do potencial humano, reflete em benefícios para o objetivo único, que é a excelência na assistência ao paciente”, explica o médico.

Tempo de duração da residência para cada especialidade:

Anestesiologia - 3 anos
Cirurgia Geral - 3 anos
Clínica Médica - 2 anos
Medicina Intensiva Adulta - 2 anos
Medicina Intensiva Pediátrica - 2 anos
Neonatologia - 2 anos
Neurocirurgia - 5 anos
Neurologia - 3 anos
Obstetrícia e Ginecologia - 3 anos
Ortopedia e Traumatologia - 3 anos
Pediatria - 2 anos

 2194
(3 votos)

Sobre nós

A SPDM-Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina é uma das maiores entidades filantrópicas de saúde do Brasil, atuante em 7 estados, com aproximadamente 40 mil funcionários e com a vocação de contribuir para a melhoria dos serviços médicos prestados à população.

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032