Notícias

Hospital Municipal de Parelheiros vai beneficiar mais de 2,5 milhões de moradores do extremo Sul de São Paulo

Hospital Municipal de Parelheiros vai beneficiar mais de 2,5 milhões de moradores do extremo Sul de São Paulo

Pronto Atendimento da unidade, gerenciada pela SPDM, foi inaugurado nesta quinta-feira (29) pelo prefeito João Dória e pelo secretário municipal da Saúde Wilson Pollara

O prefeito João Dória e o secretário municipal de Saúde, Wilson Modesto Pollara, inauguraram nesta quinta-feira (29) o Pronto Atendimento referenciado do Hospital Municipal de Parelheiros (HMP), localizado no extremo Sul da capital. Agora os moradores dos distritos de Parelheiros e Marsilac, assim como de outros bairros, poderão contar com atendimento em um equipamento de saúde municipal que dará suporte para outros serviços de saúde da região, como Unidades Básicas de Saúde, a partir de seu pleno funcionamento.

Os recursos para o custeio do hospital serão advindos das receitas gerais da Prefeitura de São Paulo. Foi realizado um chamamento público em outubro de 2016 e a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) foi selecionada para administrar a unidade em parceria com a Prefeitura.

O HMP contará, inicialmente, com pronto atendimento com sete especialidades: Ortopedia, Saúde da Mulher/Violência, Clínica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, sendo que gradativamente abrirá outras especialidades como: Cardiologia, Endocrinologia, Neuroclinica, Proctologia e Urologia.

Será possível realizar, ainda, exames de eletrocardiograma, raio-X e ultrassonografias geral e obstétrica. Para eventuais atendimentos de emergência, disponibilizará equipamentos, como carro de emergência, desfibrilador com monitor e marcapasso transcutâneo, ventilador pulmonar, monitor cardíaco e bomba de infusão

Também serão disponibilizados 29 leitos entre adultos e pediátricos, além de serviços de inalação, medicação e de sutura. O PA infantil contará, ainda, com brinquedoteca e fraldário.

Posteriormente será entregue o setor de ginecologia e obstetrícia, com mais de 40 leitos, entre internação ginecológica, e alojamento conjunto para a obstetrícia e uma Unidade Neo-Natal com 27 leitos. A unidade, contará, ainda, com cinco leitos de cuidados semi-intensivos e um setor de internação psiquiátrica com 10 leitos.

O Hospital oferecerá também mais de 50 leitos de internação clínica, 60 leitos de internação cirúrgica, cerca de 35 leitos de UTI e outros semi-intensivos, além do apoio diagnóstico e terapêutico, com um serviço de imagem que inclui mamografia (inclusive para portadores de necessidades especais), tomografia e ressonância magnética, entre outros.

"Como qualquer outra unidade de saúde, estamos entregando o Hospital de Parelheiros gradativamente. A capacidade total de atendimento da unidade deverá ser atingida até o final deste semestre", explica Wilson Pollara, secretário municipal da Saúde.

Com a entrega total, a população contará com atendimento nas especialidades de Cardiologia, Endocrinologia, Urologia, Ginecologia/Obstetrícia e Clínica Geral, além de prontos-socorros adulto e pediátrico, maternidade e centro de apoio de diagnóstico.

Foto HP02

Sobre a unidade

Localizado em terreno de 110 mil m², o hospital tem área construída de 40 mil m² e beneficiará uma população estimada em cerca de 2,7 milhões de pessoas e mais, especificamente, a de Parelheiros, com 200 mil moradores. Uma premissa do novo hospital é a preocupação com o meio ambiente, como explica Nacime Salomão Mansur, Superintendente de Instituições Afiliadas da SPDM. “Teremos no Hospital um sistema de automação predial, que possibilitará o uso racional de energia, água e climatização, por meio do monitoramento e controle dos diversos subsistemas. O local também contará com acessibilidade universal, bicicletário e brinquedoteca”, finaliza. 

 

 1663
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032