Notícias

Banco de leite do HMB: como doar

Banco de leite do HMB: como doar

Além de poder retirar o leite no próprio banco, o hospital também disponibiliza um veículo para buscar a doação

O leite humano é o alimento mais completo e fundamental para a saúde do bebê, garantindo proteção contra infecções e alergias, por isso na semana do Dia Mundial de Doação de Leite Humano (19), o Hospital Municipal de Barueri, unidade da Prefeitura de Barueri gerenciada em parceria com a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), destaca a importância desta atitude e esclarece como é fácil e acessível fazer a doação.  

Toda mulher que amamenta é uma possível doadora de leite e para doar é só comparecer no hospital para fazer um cadastro e o exame de sangue, a fim de atestar a saúde da mãe.  Depois, a doadora poderá retirar o leite em casa, armazenar em vidro esterilizado com tampa de plástico, de acordo com as orientações recebidas nessa primeira visita, e avisar no grupo de doadoras para que o seu endereço seja incluído na rota de coleta, que é feita duas vezes por semana por um veículo oferecido pelo hospital, ou ainda retirar o leite no próprio banco.

O banco de leite do HMB, que consegue receber até seis doadoras ao mesmo tempo, tem capacidade para armazenar cerca de 200 litros de leite e atualmente só há 100 litros no estoque. “O estoque ideal para nosso banco é a quantidade máxima que a gente conseguir de doação. Quanto mais, melhor!”, afirma Lia Lopes, pediatra responsável pelo banco, que destaca a importância das doações tanto para suprir a necessidade do hospital quanto para repassar a outras unidades que precisem.

A produção de leite depende do esvaziamento da mama, ou seja, quanto mais amamentar e doar, mais leite terá, e toda doação, independente da quantidade, é bem-vinda. “O banco sempre precisa de doação. A entrada e a saída precisam ser iguais por causa da validade do leite”, destaca Lia, pois, apesar de o consumo por bebê ser pequeno, em média 25 ml, a frequência do consumo é grande, de três em três horas.

“Hoje eu faço campanha para outras mães doarem! E se eu tiver mais um filho, vou doar de novo!”, conta Elaine Lima, que conheceu o banco de leite do HMB, e percebeu sua relevância, quando seu filho, Isaque, nasceu prematuro e precisou ficar, por quase dois meses, na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), sem poder mamar no seio e recebendo leite proveniente do banco.

É importante destacar que diante de qualquer dificuldade ou dúvida, o banco de leite possui uma equipe disposta a ajudar e orientar em todas as etapas da doação, desde a retirada do leite até o armazenamento adequado. As interessadas podem comparecer no banco de leite do hospital, no 6º andar, ou entrar em contato pelo telefone (11) 2575-3269. 

 

 1005
(5 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032