Notícias

HMB explica como os exercícios auxiliam no tratamento das doenças reumáticas

HMB explica como os exercícios auxiliam no tratamento das doenças reumáticas

Atividades físicas e sessões de fisioterapia melhoram a qualidade de vida dos pacientes

Na semana em que se comemora o Dia Nacional da Luta contra o Reumatismo (30/10), o Hospital Municipal de Barueri (HMB), unidade da Prefeitura de Barueri gerenciada em parceria com a SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, esclarece como os exercícios físicos e fisioterápicos são importantes para o tratamento do reumatismo.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) é preciso destacar que apesar do termo reumatismo estar associado aos idosos, as doenças reumáticas podem ocorrer em qualquer faixa etária, inclusive em crianças, como no caso da febre reumática. 

Ainda segundo a SBR, existem mais de 120 doenças reumáticas, como por exemplo artrite, artrose, fibromialgia e até gota, que geralmente estão associadas às inflamações crônicas nas articulações e em outros órgãos, como a pele, os olhos e o coração. E a fisioterapia entra neste cenário para que o paciente possa continuar a exercer as atividades da vida diária.

 “Utilizamos recursos capazes de minimizar as dores e incapacidades geradas pela doença através de eletroestimulação, técnicas de terapia manual e atividades como alongamento e fortalecimento muscular a fim de retardar, prevenir ou mesmo amenizar as deformidades já instaladas”, esclarece Priscila Grotti, fisioterapeuta do HMB, que explica que a fisioterapia busca sempre meios de poder dar uma melhor qualidade de vida para os pacientes.

Além da fisioterapia, é importante destacar que o estilo de vida do paciente também influencia no tratamento como todo. “Pacientes mais ativos, que já realizam alguma atividade física, se alimentam adequadamente e tem maior independência tendem a ser mais facilmente reabilitados”, destaca a fisioterapeuta.

A SBR recomenda que, após avaliação médica, pacientes reumáticos pratiquem 30 minutos, divididos em três etapas de dez minutos, de atividade aeróbia moderada, cinco vezes por semana. É preciso superar o medo, a dor, a rigidez e a fadiga, pois os exercícios aumentam a força muscular, de resistência e de flexibilidade, o que facilita a prática das atividades diárias como caminhar, abaixar e realizar tarefas domésticas.

 233
(1 Votar)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032