Notícias

Projeto de leitura ajuda a humanizar atendimento na UTI Neonatal do Hospital Municipal de São José dos Campos

Projeto de leitura ajuda a humanizar atendimento na UTI Neonatal do Hospital Municipal de São José dos Campos

O Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence, unidade da Prefeitura de São José dos Campos administrada em parceria com a SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, está promovendo grupos de leitura entre as mães na UTI Neonatal.

A unidade recebeu a doação de exemplares do livro “O Diário do Bebê Prematuro”, escrito pela técnica de enfermagem em UTI Neopediátrica Maria Aparecida Alves Francisco e pela fonoaudióloga Raíssa Guastalla. O grupo de leitura e discussão é liderado pela psicóloga do setor e tem a participação de profissionais de enfermagem e fisioterapia. Antes da leitura do livro, a conversa gira em torno de assuntos livres para que os pais possam expressar os seus sentimentos e tirarem dúvidas. As reuniões acontecem por livre demanda.

O livro é um guia para mães e pais que têm bebê prematuro em uma UTI Neonatal, trazendo informações e orientações em forma de poesia. A obra, é claro, não substitui as orientações da equipe multidisciplinar que atua no serviço, sendo utilizado como instrumento de humanização da assistência e com o intuito de melhorar a compreensão dos pais acerca dos cuidados realizados com seus bebês dentro da Unidade de Neonatologia.

“É muito importante que os pais sintam que fazem parte do cuidado com seus filhos mesmo em momentos difíceis, como uma internação, que muitas vezes pode se estender por meses”, explica Maria Aparecida Diniz, Enfermeira Clínica da UTI Neonatal. “Essa compreensão colabora para melhorar o entendimento das condições do recém-nascido, fortalecendo o vínculo com a equipe e estabelecendo uma relação de confiança que só resulta em benefícios”, completa a profissional.

De acordo com a literatura médica, a simples presença da mãe, como o toque nos momentos de cuidado e a voz materna, promove diversos benefícios para o recém-nascido, que podem contribuir para uma evolução positiva do prognóstico.

 168
(1 Votar)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032