Notícias

Rede Assistencial Vila Maria/Vila Guilherme apresenta projeto ‘Próteses nas UBS’ como experiência exitosa no 38º CIOSP

Rede Assistencial Vila Maria/Vila Guilherme apresenta projeto ‘Próteses nas UBS’ como experiência exitosa no 38º CIOSP

Ação abrange 12 UBSs da Rede Assistencial da Supervisão Técnica e Saúde da Vila Maria/Vila Guilherme OSS SPDM e já reduziu em 38% a fila de espera de próteses dentárias

Foi apresentado no 38º Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo (CIOSP) o Projeto de Serviço de Prótese nas Unidades Básicas de Saúde, pela Rede Assistencial de Supervisão Técnica da Saúde Vila Maria/Vila Guilherme, que gerencia 13 Unidades Básicas de Saúde (UBS). A iniciativa foi criada para atender com mais rapidez as necessidades dos usuários dessas unidades que estão na fila de espera de próteses dentárias.

O projeto teve início em junho de 2019 e foi dividido em etapas: seleção e recrutamento de novos profissionais, compra e aquisição de materiais, reuniões e orientações aos profissionais e, por fim, o alinhamento do trabalho realizado nas unidades com o laboratório de próteses, com o objetivo de diminuir o tempo de entrega das próteses dentárias.

Em 2018, foram entregues 516 próteses aos pacientes da rede. Em 2019, com o início do projeto, foram 1.362, o que representa um aumento de aproximadamente 164%. No geral, após a requalificação da fila de usuários que aguardavam próteses, o número passou de 4.408 para 2.729 – uma redução de 38,1%.

A requalificação é realizada pelos profissionais de cada unidade, que convocam os usuários da fila de espera. Durante os chamamentos, as equipes atualizam a situação de cada usuário e acabam constatando fatos como mudança de cidade, obtenção de prótese particular e falecimento, por exemplo, que não haviam sido informados às unidades. A partir dessas atualizações, as filas de espera são requalificadas e os usuários que se mantém nelas são convocados para realização de tratamento dentário e adequação bucal, para realização das moldagens de próteses.

materia 14022020“Nosso foco está na redução e requalificação da fila de espera de próteses. Com o aumento da expectativa de vida da população, estamos trabalhando para melhorar a qualidade de vida e autoestima de nossos pacientes e atendê-los com rapidez e eficiência, no menor tempo possível, respeitando a prioridade, especificidade e ordem da fila de espera”, explica o odontologista José Roberto Caporrino, Assessor Técnico de Saúde Bucal da SPDM, responsável pela Rede Assistencial de Saúde Vila Maria/Vila Guilherme.

Para alcançar os objetivos de rapidez nos atendimentos e aprimorar os trabalhos que já eram feitos nas UBSs da rede, foram contratados 13 novos cirurgiões-dentistas e cinco auxiliares de saúde bucal. Em média, são realizados 20 atendimentos por semana em cada unidade. Após a implantação do projeto, todas as unidades implementaram serviço de prótese. “Como as saídas da fila de espera estão sendo mais rápidas, tivemos um aumento no número de atendimentos. A perspectiva é de que sejam entregues cerca de 3.000 próteses em 2020”, explica Caporrino.

Os profissionais realizam tanto os procedimentos de próteses quanto os de Atenção Básica, que envolvem: triagem, preparo de boca, moldagem, confecção de moldeira individual, plano de cera, prova de dentes e acompanhamento e ajuste em aparelhos. Cada unidade possui um cirurgião-dentista responsável por identificação, entrega e recebimento das próteses solicitadas.

Para aprimorar ainda mais os atendimentos, os auxiliares de saúde bucal contratados passaram por um treinamento de capacitação em que foram abordados temas como biossegurança, lavagem de mãos, doenças ocupacionais, prevenção de acidentes de trabalho no ramo da odontologia, esterilização de instrumentos, processamento radiográfico e manipulação/descarte de materiais odontológicos e gesso.

Segundo o último Censo (2010), a população da STS Vila Maria é de 297 mil pessoas.  Esta população conta com atendimentos em todas as especialidades de saúde na Rede Assistencial VM/VG, composta pelas seguintes Unidades Básicas de Saúde (UBS): Vila Maria – Luiz Paulo Gnecco, Pq. Novo Mundo I, Pq. Novo Mundo II, Vila Izolina Mazzei, Vila Ede, Vila Leonor, Vila Guilherme, Carandiru, Jardim Julieta, Vila Sabrina, Vila Medeiros, Jardim Japão e Jardim Brasil. Todas essas unidades são gerenciadas pela SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina.

 202
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032