Banner Doacao

Notícias

Apenas em hospitais de campanha, SPDM gerencia mais de 750 leitos para Covid-19

Apenas em hospitais de campanha, SPDM gerencia mais de 750 leitos para Covid-19

Nesses locais, o atendimento é voltado para pacientes de baixa e média complexidade

Diante da evolução constante da Covid-19 no país, além de reforçar o atendimento nas unidades que já gerencia, a SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina também passou a atuar em cinco hospitais voltados exclusivamente para o combate à doença, sendo três no estado de São Paulo, um em Minas Gerais e um no Ceará, que totalizam 760 leitos específicos para tratar a doença. Todos de Campanha, com exceção ao situado em Minas Gerais. Os Hospitais de Campanha são locais montados especialmente para proporcionar acolhimento aos casos considerados de baixa ou média complexidade, para que os hospitais convencionais, que dispõem de estruturas mais complexas, consigam concentram o atendimento de pacientes críticos. 

Em São Paulo, os Hospitais de Campanha estão situados na capital (310 leitos no Palácio de Convenções do Anhembi), na Praia Grande (95 no Ginásio Falcão) e em Taboão da Serra (64 leitos no antigo Serviço Especializado de Reabilitação). “Como nesses espaços tudo e todos estão voltados para tratar pessoas com uma única doença, os processos e protocolos acabam por ter adesão e assertividade, além de concentrar esforços, metodologias e conhecimento”, esclarece Cláudio Braúlio, diretor do hospital de campanha de Taboão da Serra. 

Em Fortaleza, 224 leitos foram montados no Estádio Presidente Vargas. Já em Uberlândia, são 67 leitos, no imóvel onde funcionava o Hospital Santa Catarina, que foi reativado para atender exclusivamente pacientes com Covid-19. “O aumento da disponibilidade de leitos é muito importante para combater uma doença tão grave e impactante, como a causada pelo novo coronavírus”, explica Walid Markim, diretor da unidade em Minas Gerais. 

Além da assistência ao paciente, também é fundamental promover acolhimento familiar, já que, devido ao risco de contaminação, as visitas aos locais de internação estão suspensas. Por isso, as equipes das unidades têm passado o boletim médico por telefone ou presencialmente, de forma detalhada e humanizada.

“O contato com os familiares busca sanar dúvidas e inseguranças de uma forma viável e que promova certa aproximação com seu ente querido, afinal somos neste momento o único elo. Inclusive, alguns parentes trazem cartas para os pacientes, que podem ser lidas por eles próprios ou por um integrante da equipe”, comenta Fernanda Ferrarichid, diretora de enfermagem do hospital da Praia Grande, que relata a necessidade de adaptação à nova realidade para atender com eficiência as expectativas das famílias. 

NOVA EXPANSÃO DE LEITOS

A SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina continua atuando fortemente no Brasil no combate à pandemia de coronavírus. A entidade segue ampliando o número de leitos gerenciados no país destinados a pacientes com Covid-19, ultrapassando na última semana a marca de 2.117 leitos, em diversos Estados brasileiros.

 317
(1 Votar)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032