Banner Doacao

Notícias

SPDM assume gestão de “hospital de transição” para tratamento de covid-19 em SP

SPDM assume gestão de “hospital de transição” para tratamento de covid-19 em SP

Hospital Profª Lydia Storópoli está localizado na região central da capital paulista e é resultado da parceria entre a SPDM, Prefeitura de SP e Uninove

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), entregou nesta quinta-feira (15), o Hospital Professora Lydia Storópoli (HPLS), unidade de transição com capacidade para 212 leitos de alta, média e baixa complexidade, que serão ativados gradativamente. Para viabilizar o hospital, foi feito um Termo de Colaboração entre a prefeitura e a Universidade Nove de Julho – Uninove. A SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina será a gestora da unidade, que vai funcionar a partir de sábado (17) na Rua Vergueiro, 235, na Liberdade, em São Paulo.

Os leitos serão dedicados a pacientes em recuperação da Covid-19, internados em hospitais municipais, para continuidade do tratamento e reabilitação. Este equipamento atenderá somente pacientes transferidos por meio da Central de Regulação do município (CRUE). O atendimento será feito de maneira referenciada pelos hospitais da rede municipal de Saúde.

O prefeito Bruno Covas salienta a importância de mais uma Unidade hospitalar para o enfrentamento à Covid-19. "Trabalhamos em todas as frentes para atravessar essa pandemia, seja abrindo mais leitos ou vacinando aqui na cidade de São Paulo". Já o secretário municipal da saúde, Edson Aparecido, reforça o papel do novo serviço durante e após a pandemia. "Essa unidade será importante para os pacientes terem o atendimento adequado contra a Covid-19 e ficará como legado para a cidade no pós-pandemia".

CAPACIDADE DE ATENDIMENTO

Ao todo, o hospital contará com 212 leitos, sendo 190 leitos de enfermaria, 20 de UTI e dois de estabilização, além de equipamentos de última geração para realização de exames, como tomógrafo. Nesta primeira fase serão entregues 80 leitos de enfermaria, 10 de UTI e 2 de estabilização. A partir da próxima semana, serão entregues 110 leitos de enfermaria e 10 de UTI .

O Hospital Professora Lydia Storópoli contará com mais de 630 profissionais em seu quadro de colaboradores. Para o reitor da Uninove, Eduardo Storópoli, a parceria contribuirá na missão de salvar vidas neste momento de agravamento da pandemia na cidade de São Paulo. "Este Hospital tem o significado de cooperação entre os setores público, privado e o terceiro setor, visando ofertar a melhor assistência em saúde à população", destacou o superintendente da SPDM, Nacime Salomão Mansur.

 1355
(3 votos)