Notícias

Incidência de miopia vai "explodir" na próxima geração

Incidência de miopia vai "explodir" na próxima geração

Uma importante pesquisa sobre o aumento da prevalência da miopia associado a níveis mais altos de escolaridade foi publicada na revista Ophthalmology, da Academia Americana de Oftalmologia, e indicava ainda que menos tempo ao ar livre, exposto à luz natural, resulta num aumento de população a necessitar de usar óculos.

Segundo Rubens Belfort Jr, professor titular de oftalmologia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina), este trabalho reforça a associação entre a atenção visual mantida para perto em crianças e a miopia. O tempo ao ar livre pode estar também associado a alterações metabólicas relacionadas com a actividade física e à ingestão de hidratos de carbono.

A Oftalmologia da Escola Paulista de Medicina tem trabalhado neste aspecto há muitos anos. Por coincidência, o pai de Rubens, em 1955, estudou populações indígenas, inclusive do Xingu, numa tese sobre Livre Docência. Não encontrou quase nenhum caso de miopia. Mais 50 anos depois, o filho acabaria por encontrar uma incidência grande de miopia na mesma população, com mudanças alimentares e escola.

Também a questão «tempo ao ar livre» é interpretada por alguns como metabólico e dependente, principalmente, de hidratos de carbono. Assim, maior tempo na escola significaria, além de pouca exposição à luz, também menos exercícios físicos. Isso, juntamente com a atenção visual mantida para perto por muito tempo, explicaria essa epidemia de miopia.

Também é interessante lembrar que a miopia vai aumentar muito na próxima geração, uma vez que crianças de poucos meses agora têm a sua atenção permanente visual mantida para perto através de programas para iPad e afins. A frequência da miopia vai «explodir» na próxima geração, sentencia o médico.

O responsável lembra que o olho míope tem mais doenças, inclusive maior risco de descolamento de retina, entre outros problemas, além dos elevados custos de óculos, exames, lentes de contacto, etc.

Fonte: Diário Digital 

 13570
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032