Notícias sobre saúde

Maçã: o fruto proibido....de recusar!

 Maçã: o fruto proibido....de recusar!

Originária da Ásia Ocidental, muito comum em toda a Ásia e Europa, a maçã é, sobretudo, uma fruta do frio. Ela precisa do clima temperado ou subtropical para se desenvolver, mas há macieiras que florescem em áreas tropicais. Hoje existem mais de 7.500 espécies e variedades desta fruta.

Essa fruta faz parte do grupo de superalimentos, aquelas verduras, frutas ou legumes especiais que, devido à enorme concentração de fibras, proteínas, vitaminas, minerais e outros nutrientes, são benéficos para a saúde do organismo, desempenhando um importante papel na prevenção de doenças e ainda com poder de propiciar qualidade de vida para quem consome.

 “A maçã é uma excelente fonte de vitamina A, tiamina, riboflavina, niacina, vitamina C, cálcio, ferro, potássio, fósforo, sódio, magnésio, enxofre e pectina, uma fibra solúvel que ajuda a reduzir o colesterol”, explica Vanessa Marins Maniezo, gerente de Nutrição das Unidades Afiliadas da SPDM.

 Além disso, “consumir a fruta com a casca é importante, pois é na casca da maçã que se concentra a maior parte das substâncias benéficas ativas, como fibras, vitamina C e compostos fenólicos, que agem em conjunto para combater e prevenir doenças. É só lavar bem e saborear”, ensina a nutricionista.

Ela tem benefícios para a saúde que satisfazem todos os gostos: ajuda a emagrecer, combate o mau hálito, regula o colesterol e “otras cositas más”, confira:

- A pectina, uma fibra solúvel presente na maçã, ajuda a reduzir os níveis do colesterol ruim, pois bloqueia sua absorção, o que força o corpo usar o que tem, ao invés de armazenar. Ela fornece ainda uma substância chamada ácido galacturônico, que ajuda o corpo a absorver melhor a insulina, diminuindo a sua necessidade, e assim ajuda no tratamento de diabetes.

- A quercetina, um antioxidante da fruta, ajuda a combater problemas respiratórios, trazendo benefícios para a respiração. Além disso, estudos indicam que mulheres que consomem bastante maçã são menos propensas a ter filhos com asma. Esse antioxidante ainda tem a função de proteger as células cerebrais, incentivando a produção de acetilcolina, que se comunica entre as células nervosas, ajudando a memória diminuindo os riscos de Alzheimer.

- O ácido ursólico, presente na casca da maçã, ajuda a combater a obesidade e é eficiente nas dietas de emagrecimento, pois ajuda a queimar calorias e estimula o desenvolvimento de músculo e massa magra. Além disso, as fibras presentes em abundância na casca dão uma sensação de saciedade, eliminando a fome.

- O flavonóide chamado florizina, encontrado nas maçãs, ajuda as mulheres na menopausa a combater a osteoporose e, junto com outro nutriente, o boro, auxilia no aumento da densidade óssea e fortalece os ossos.

- Há quem diga que comer maçã é uma “escovação natural”. Isso porque, com é um dos "alimentos detergentes", tem maior ação de limpeza. Comê-la crua e com casca funciona como uma espécie de raspagem, eliminando o acúmulo de bactérias e dando uma sensação de dente “lisinho”. Isso ainda ajuda a combater a halitose - o mau hálito.

 3586
(2 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032