Notícias sobre saúde

Saiba como se prevenir das “doenças do inverno”

Saiba como se prevenir das “doenças do inverno”

Atenção com a alimentação e higiene é uma medida essencial para prevenir gripes e alergias

O inverno finalmente começou e esta época do ano reúne as condições perfeitas para a propagação de diversas doenças: baixa umidade do ar, frio e a concentração de poluentes. Gripes, resfriados, faringites e até pneumonias são consideradas doenças típicas da estação e requerem uma atenção especial, principalmente com crianças e idosos, segundo a infectologista infantil Fernanda Paschoin Muniz, diretora clínica do Hospital Estadual de Diadema, unidade da Secretaria de Estado da Saúde gerida em parceria com Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM).

Porém, prevenir-se desses males é simples e o primeiro passo é reforçar a imunidade do organismo. “Isso passa pela alimentação balanceada, com caldos e sopas ricos em verduras e legumes. As frutas não devem ficar fora do cardápio, principalmente as que contêm vitamina C, como a laranja, que ajudam a prevenir gripes e resfriados”, explica Fernanda.

No inverno, é comum permanecer mais tempo em ambientes fechados e com aglomeração de pessoas, o que facilita a transmissão de doenças. Por isso é tão importante arejar os ambientes, para dispersar bactérias que ficam concentradas em locais sem ventilação. 

Outra recomendação dada pela infectologista é manter-se hidratado. “No frio, as pessoas costumam beber menos água. Mas a hidratação evita o ressecamento de vias aéreas e possíveis feridas decorrentes disso, que facilitam a contaminação por estas doenças”, diz. Cobrir a boca e o nariz ao espirrar, lavando as mãos na sequência, inclusive após a higiene nasal, também estão dentre as medidas indicadas pela médica.

Dicas para prevenir-se das “doenças do inverno”

  • Sempre mantenha o local em que se encontra ventilado, para dispensar a concentração de bactérias.
  • Evite o contato direto com pessoas gripadas ou com resfriados.
  • Lave sempre as mãos, principalmente após higiene nasal.
  • Cubra a boca e as narinas ao espirrar, lavando as mãos na sequência.
  • Roupas, cobertores e lençóis devem ser lavados e expostos ao sol sempre que possível. Não se esqueça de passá-los com ferro quente.
  • Alimente-se de forma balanceada, com caldos e sopas com verduras e legumes. Frutas, principalmente as que contêm vitamina C, como a laranja e acerola, ajudam a prevenir gripes e resfriados.
  • Mantenha-se hidratado. A desidratação impede que a pessoa produza adequadamente substâncias que previnem infecções, impedindo que vírus e bactérias e vírus penetrem nos pulmões. Fora isso, o risco de ocorrência de feridas nas vias aéreas, devido ao ressecamento, é maior.
  • Não fume e evite ambientes empoeirados ou com fumaça.
  • As narinas têm a função de filtrar o ar e aquecê-lo, por isso, respire sempre pelo nariz e não pela boca.
  • Quem possui problemas respiratórios, como asma, sinusite e bronquite, deve evitar o contato com tapetes, bichos de pelúcia e produtos que possuam pelos, assim como outros produtos que desencadeiem crises.
 5241
(1 Votar)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032