Notícias sobre saúde

Café, um aliado com moderação

Café, um aliado com moderação

Quem não gosta de sentir aquele cheirinho de café logo pela manhã? Parece que o dia já começa melhor, não é mesmo? E melhor do que o cheiro é tomar um café quentinho. Há quem não viva sem ele e jure que só assim consegue engatar nas atividades diárias. Pois bem, ao contrário do que muita gente pensa, o café não é um vilão. É claro que, como acontece com qualquer outra substância, se consumido em excesso pode trazer consequências indesejadas. Mas, se apreciado moderadamente, o café pode trazer uma série de benefícios para a saúde.

Para começar, a composição do café vai além da cafeína. Ele contém ferro, sódio, zinco, potássio, magnésio, ácido fólico, fósforo, riboflavina, entre outros. “A cafeína é um estimulante e traz benefícios quando consumida com moderação. Ela estimula o sistema nervoso central, onde está localizado um neurotransmissor chamado adenosina. Em geral, melhora as funções cerebrais, aumenta o alerta mental, melhora a memória a curto prazo e contribui para a habilidade de concentração”, explica Vanessa Maniezo, nutricionista das Instituições Afiliadas da SPDM.

A cafeína também ajuda a combater dores de cabeça e enxaquecas e tem ação termogênica, o que aumenta o gasto calórico e, associada à prática de exercícios físicos, contribui para a perda de peso.

“O café também possui substâncias antioxidantes, o que previne o envelhecimento e ajuda a fortalecer a imunidade”, lembra a nutricionista. Além disso, está associado a estudos sobre a prevenção de Parkinson, Alzheimer, câncer e diminuição do risco de depressão.

O cafezinho melhora o cansaço, a sonolência, nos dá mais energia, melhora nosso humor e alivia o estresse. Entretanto, como ele nos deixa mais ligados, pode provocar insônia, por isso a recomendação da nutricionista é de respeitar o limite de quatro xícaras de café por dia e consumi-lo, no máximo, até seis horas antes de dormir.

Mas atenção! Mesmo com esses benefícios, se você sofre de problemas como gastrite, úlcera ou distúrbios de ansiedade, é melhor evitar o cafezinho! E para quem tem colesterol alto, prefira sempre o café filtrado e não apenas fervido, pois a substância cafestol, que pode elevar o colesterol, fica retida no filtro.

 3566
(1 Votar)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032