Notícias sobre saúde

Lichia: a fruta natalina

Lichia: a fruta natalina

É só entrarmos no mês de dezembro que as lichias começam a aparecer nas feiras e supermercados. Conhecida aqui no Brasil por ser uma fruta natalina, seu nome científico é Litchi chinensis e pertence à família Sapindaceae. É originária da China e encontrada facilmente em vários países da Ásia, como Taiwan, Índia, Nepal, Indonésia e Tailândia. Chegou ao Brasil e se adaptou facilmente, mas por aqui seu preço é um pouco salgado e ela pode ser encontrada com mais facilidade no verão.

Com uma casca grossa e vermelha, por dentro a lichia é branquinha, macia e bem doce, com um cheiro bem característico. Além de ser gostosa, traz ótimos benefícios para a saúde. “Para começar, é uma fruta de baixa caloria e é uma boa aliada em dietas de emagrecimento. Cada 100g, cerca de 8 a 15 unidades, fornecem por volta de 65 calorias”, explica Vanessa Maniezo, nutricionista das Instituições Afiliadas da SPDM. Um estudo realizado com voluntários no Japão mostrou que aqueles que consumiram extrato de lichia conseguiram eliminar mais gordura abdominal do que aqueles que não consumiram, isso devido à presença de uma substância chamada cianidina. A lichia também possui fibras que, além de ajudar o bom funcionamento do intestino, também dão maior sensação de saciedade.

“Ela possui uma boa quantidade de antioxidantes, como as proantocianidinas, que ajudam a controlar os níveos de colesterol no sangue, prevenindo doenças do coração. Outros antioxidantes presentes são os flavonóides, eficazes para prevenir o câncer, principalmente o de mama”, explica a nutricionista.

Essa fruta também é uma ótima fonte de vitamina C, que ajuda a fortalecer o sistema imunológico, prevenindo gripes e resfriados, além de deixar a pele mais bonita. “Rica em potássio, a lichia também ajuda a controlar a pressão arterial e pode contribuir para evitar câimbras”, lembra Vanessa.

Por fim, a lichia ainda tem uma boa quantidade de água em sua composição, o que ajuda na hidratação do organismo.

Ufa! Depois de tudo isso, não resta dúvida de que, além de enfeitar a mesa de Natal, a lichia também faz bem para a saúde. Além da fruta in natura, pode ser consumida em forma de sucos, chás ou compotas. Uma dica: já que sua oferta é restrita em outras estações, congele a lichia para consumir em outras épocas do ano, isso não tira os nutrientes da fruta!

 3089
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032