Notícias sobre saúde

Romã: mística e aliada da saúde

Romã: mística e aliada da saúde

Além de pular sete ondas do mar e usar roupa branca na virada do ano, clássicas tradições do reveillon no Brasil, há alguns alimentos que tem presença garantida na ceia de ano novo do brasileiro, como a lentilha, o peixe, a carne de porco e uma grande variedade de frutas. Entre as frutas, as mais procuradas são uva e romã, esta última cercada de misticismo e, comprovadamente, uma ótima aliada da saúde.

Mesmo com tantos benefícios, a romã não é muito consumida por aqui. Originária do Oriente Médio, é uma fruta milenar, há inclusive registros dela em túmulos de faraós no Egito. Pertencente à família Rosaceae, essa frutinha é rica em substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias.

A Punica granatum, seu nome científico, possui uma boa quantidade de água, tem baixa quantidade de gordura e poucas calorias, o que faz dela uma ótima opção de alimento em dietas de emagrecimento.

“A romã possui três substâncias muito importantes: ácido elágico, ácido gálico e protocatequínico. Eles são poderosos antioxidantes e juntos barram moléculas que danificam as estruturas das células que podem causar câncer. A fruta também combate o colesterol e problemas cardíacos, isso porque os ácidos elágico e gálico protegem as paredes internas das artérias, reduzindo assim as chances de infarto e AVC. Os antioxidantes também ajudam a combater o colesterol ruim”, explica a nutricionista Vanessa Maniezo, das Instituições Afiliadas da SPDM.

Vale lembrar que os antioxidantes ainda combatem o envelhecimento precoce e contribuem para uma pele mais bonita. 

Como se não bastasse tudo isso, ela também é rica em potássio, cálcio, ferro, vitaminas A e do complexo B. “Outro nutriente presente é o ácido fólico, muito recomendado para grávidas por ser muito importante para o desenvolvimento do sistema nervoso do bebê”, lembra a nutricionista.

Pode ser consumida in natura ou em forma de suco. “Além disso, essa frutinha também é bem conhecida para tratar inflamações na garganta, basta ferver a casa da romã e fazer gargarejo com o líquido. O chá também ajuda a aliviar problemas digestivos”, destaca Vanessa.

A romã é muito ligada à fartura, fertilidade e prosperidade. Aqui no Brasil, a fruta está associada a muitas simpatias, especialmente no ano novo. Dizem que partilhar uma romã com amigos e familiares na virada do ano, e depois guardar as sementes na carteira, atrai dinheiro para o ano inteiro, ou ainda comer sete sementes de romã e guardar os grãos na carteira para atrair uma mesa farta durante o ano. A fruta ainda é importante em diversas culturas, para os gregos foi consagrada à deusa Afrodite, pois acreditava-se em seus poderes afrodisíacos. Para os judeus, a romã é um símbolo que representava a esperança de que o ano que estava por começar seria melhor do que o que estava para terminar. E ai...gostou? Se você não comeu romã na virada do ano, não tem problema. Afinal, com tantos benefícios, vale aproveitar o ano inteiro.

 3376
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032