Notícias sobre saúde

Por que nosso corpo “estala”?

Por que nosso corpo “estala”?

Estalos pelo corpo são normais e só preocupam se vierem acompanhados de dor 

Dedos das mãos, dos pés, o pescoço, o tornozelo...provavelmente você já deve ter ouvido um trec em, pelo menos, uma dessas partes do corpo. São os famosos estalos. Seja ao se espreguiçar, ao abaixar, ao praticar exercícios físicos, para muitas pessoas é até um hábito, uma mania. Mas você sabe por que estalamos partes do nosso corpo? Da onde vem o barulho?

Diversas causas que fazem com que nosso corpo “estale”, de acordo com o ortopedista Rodrigo Nakao, do Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, unidade gerida pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM).

Os estalos propriamente ditos vêm das articulações. “Nas articulações existe o líquido sinovial (um líquido que se parece com um lubrificante e que contém gases). Quando estalamos ou dobramos uma articulação, esticamos a cápsula articular e este gás é liberado rapidamente, já que formam-se bolhas com esse movimento”, explica Rodrigo Nakao. E já percebeu como nunca conseguimos estalar a mesma articulação duas vezes consecutivas? Isso se deve ao fato de que temos que esperar até que os gases retornem ao líquido sinovial.

O barulho também pode vir quando uma articulação se move e pode mudar o percurso de algum tendão ou ligamento, dependendo da angulação. Quando o tendão retorna à sua posição original, podemos ouvir um estalo.

Quando os estalos aparecem com freqüência, pode ser da artrose. “Com o passar do tempo, as articulações vão se desgastando e fazem sons causados pela perda da cartilagem lisa e formação de rugosidades em sua superfície articular”, diz o especialista. Este processo é conhecido como condropatia e, se não for tratado, pode evoluir para um desgaste articular grave.

Em geral, os estalos não fazem mal, a não ser que provoquem dor. “A atitude de estalar acompanhada de dor pode significar que há alguma coisa errada. A melhor conduta, nestes casos, é sempre procurar um médico especialista na área, um ortopedista ou reumatologista, para investigação”, lembra Nakao.

Estalar os dedos engrossa as juntas?

Como dito, estalar os dedos não costuma fazer mal, desde que não cause dor e que não seja feito com frequência. “Estalar os dedos com muita freqüência pode causar lesões na cápsula articular, com a inflamação da mesma, podendo provocar o engrossamento das articulações dos dedos”, revela o ortopedista.

O especialista explica que o estalar com frequência também pode causar lesões em tendões e na musculatura dos dedos, que pode resultar em diminuição da força muscular.

 3389
(3 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032