Notícias sobre saúde

Independentemente de superstição, a lentilha é muito benéfica para a saúde

Independentemente de superstição, a lentilha é muito benéfica para a saúde

Muito comum na ceia de fim de ano, a leguminosa é rica em fibras e ferro

Entre muitos rituais para a virada do ano, como usar roupas brancas e pular sete ondas, algumas pessoas acreditam que uma receita com lentilha é fundamental para começar o novo ciclo com dinheiro, devido ao seu formato parecido com uma moeda. Não existe garantia dessa prosperidade, mas essa leguminosa é muito importante para a alimentação. Pensando nisso, o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran, unidade da Prefeitura de Barueri gerenciada em parceria com a SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, destaca as principais funções do alimento. 

Apesar de ter mais notoriedade no mês de dezembro, a lentilha pode e deve ser consumida durante todo o ano. Tanto que no HMB, no período de calor, é utilizada nas saladas, e nos meses mais frios, é protagonista nas sopas. “Ela é rica em fibras, proteína e ferro. E esses nutrientes, respectivamente, auxiliam na regulação do trânsito intestinal, na regeneração de massa muscular e na formação das unhas e do cabelo, e na prevenção de anemia”, comenta Vanessa Barbosa, gerente da Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN) do hospital. 

Esses mesmos benefícios também são encontrados no feijão, na ervilha e no grão-de-bico, por isso, a substituição desses ingredientes pode ser feita sem perda nutritiva. “É importante lembrar que o ferro da lentilha é considerado pouco biodisponível em comparação com ovos e carnes, ou seja, são necessários alguns mecanismos para a absorção do nutriente. Podemos aumentar a biodisponibilidade do mineral com alguma fonte de vitamina C, por exemplo, suco de laranja, acerola ou limão”, esclarece a nutricionista. 

Além de todas essas vantagens, a lentilha também ajuda a diminuir o colesterol devido ao alto teor de fibras solúveis e insolúveis. “De modo geral, alimentos ricos em fibras reduzem a absorção de gordura no organismo e consequentemente reduzem o colesterol. No caso da lentilha, ela é considerada basicamente proteica e pouco gordurosa” explica Barbosa, que ressalta a necessidade de tomar cuidado durante o preparo para que a inclusão de ingredientes, como bacon ou calabresa, não tire a característica saudável do alimento. 

Vale destacar que apesar do alto valor nutricional, e na facilidade de preparo, já que não há necessidade de ficar de molho e o cozimento demorar em torno de 20 minutos, a lentilha precisa fazer parte de uma dieta equilibrada com ingestão de líquidos, principalmente água, para evitar gases intestinais.

 219
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032