O trabalho pedagógico e educacional nele realizado baseia-se em práticas que permitem melhores condições para o reingresso desses alunos à escola regular, uma vez que ela atua sobre dificuldades de aprendizagem, resgatando do prazer de aprender e consequentemente melhorando a qualidade de vida. Promover a parceria entre as Classes Hospitalares e as Escolas Regulares torna-se essencial no combate à evasão escolar e favorece a continuidade do desenvolvimento evolutivo destes alunos. Na mesma proporção de importância, destaca-se o apoio das ações que aproximem os profissionais das áreas da Saúde e da Educação no âmbito público e privado para que os direitos básicos de crianças e adolescentes sejam respeitados.
É sob essa perspectiva, que comemoramos a Semana Municipal de Conscientização dos Direitos da Criança e do Adolescente em Atendimento Pedagógico em Hospitais, Ambulatórios e Domicílios, que é celebrada na quarta semana do mês de maio, conforme Lei nº 16.530, de autoria do Vereador Aurélio Nomura.

Neste ano de 2017, estaremos promovendo duas ações:

1- Campanha de Incentivo à Escolarização de Crianças e Jovens em Contínuo Tratamento de Saúde em Hospitais, Ambulatórios e Domicílios, um projeto piloto com o propósito de promover a diversidade e evidenciar as especificações necessárias à inclusão do aluno com doenças crônicas nas escolas regulares;

2- 2º Congresso do Estado de São Paulo no Apoio ao Escolar em Tratamento de Saúde, voltado a reflexão e integração dos pesquisadores das áreas da Educação e da Saúde, assim com demais interessados no trabalho realizado nas Classes Hospitalares

Participação Especial – Convidado Estrangeiro:
Cristian Marchant
Coordinador Académico de la Fundación Carolina Labra

Inscrições: 11/04/207 à 25/05/2017

Faça já sua Inscrição

-Estreitar laços e incentivar a articulação entre as escolas regulares e as instituições que prestam atendimento à saúde de crianças e adolescentes em hospitais e ambulatórios promovendo atitudes que fundamentam o direito à escolarização de acordo com as condições de cada aluno.

-Refletir  e integrar  pesquisadores das áreas da Educação e da Saúde, como  professores das instituições de ensino das redes pública e privada e demais interessados no trabalho realizado nas Classes Hospitalares.

– Valorizar o conceito de diversidade mediante atividades realizadas pelos alunos focando as implicações das Doenças Crônicas na escola.

– Incentivar e reforçar a importância das Redes de Apoio à Escolarização do Aluno em Contínuo Tratamento de Saúde, especialmente quando acometido pelas doenças crônicas Doenças Crônicas nos hospitais, ambulatórios e domicílios, na perspectiva da educação inclusiva.

Refletir e integrar pesquisadores das áreas da Educação e da Saúde,
– Valorizar o conceito de diversidade mediante a produção dos alunos focando nas implicações das Doenças Crônicas na escola.
– Incentivar e reforçar a importância das Redes de apoio à escolarização do aluno com doenças crônicas nos hospitais, ambulatórios e domicílios na perspectiva da educação inclusiva

Comissão Científica Área da Saúde

Profa. Dra. Ana Lucia Goulart – UNIFESP
Presidente da Comissão Científica- Área da Saúde
Profa. Dra. Soraia Tahan
Profa. Dra. Maria Cristina Andrade
Prof. Dr. Clóvis Eduardo Tadeu Gomes

Comissão Científica Área Educação

Profa. Dra. Léa Chuster Albertoni – UNIFESP
Presidente da Comissão Científica- Área da Educação
Profa. Dra. Adriana Garcia – UFSCAR
Ms. Carolina Lourenço Reis Quedas Catelli – CAPE SEESP
Ms. Sandra Rabaça – Diretoria de Ensino Centro Sul
Profa. Dra. Maria do Carmo da Silva Mutti
Profa. Dra.Eneida Simões – UERJ
Lilian Caló – OPAS- OMS
Maria Luisa Sprovieri Ribeiro – USP
Roberto França – PA
Walkiria Assis – USCS/FAMESP

Comissão de Apoio

Alzira Held – PCNP – Educação Especial DRE – CS

Paola Ribeiro da Silva – Classe Hospitalar HSP-HU/UNIFESP

Wanderci Ruiz Braga– Classe Hospitalar HSP-HU/UNIFESP

Zilda Fátima Prestes Bun– Classe Hospitalar HSP-HU/UNIFESP

Estudantes, pesquisadores e profissionais das Áreas da Educação, Saúde e Direito.

Os participantes serão certificados pela SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina mediante cumprimento da carga horária do evento.

25 de Maio de 2017

7:30 às 8:30 – Credenciamento

8:30 às 9:30  – Conferência

Dra. Glaura Pedroso
A Escola Promotora de Saúde e a Criança com Doença Crônica 

9:30 às 10:30 – Conferência

Prof. Dr. Lino de Macedo

A Relação Saúde e Educação no Contexto da Classe Hospitalar

10:30 às 11:00 – Intervalo – Sessão Pôster e Painel de Interação

11:00 às 12:00  – Mesa Redonda

Palestrante: Cristian Marchant – Coordinador Académico Fundación Carolina Labra Riquelme FCLR- Chile

O Luto do aluno Idealizado

Silvia Mara Joppert – Psicóloga Clinica e Hospitalar do Setor de Saúde Mental – Disciplina de Pediatria Geral e Comunitária – Departamento de Pediatria EPM/ UNIFESP

Léa Chuster Albertoni Gestora do Programa de Atendimento Pedagógico e Educacional ao Escolar em Tratamento de Saúde do Departamento de Pediatria EPM/UNIFESP – HU Hospital São Paulo

12:00 às 12:30 – Abertura

12:30 às 14:00 – Intervalo

14:00 às 16:00 – Workshop

Desafios e Reflexões sobre Equipes Multiprofissionais em Instituições de Saúde

Silvia Mara Joppert- – Psicóloga Clinica e Hospitalar do Setor de Saúde Mental – Disciplina de Pediatria Geral e Comunitária – Departamento de Pediatria EPM/ UNIFESP 

16:00 às 16:30 – Intervalo – Sessão Pôster e apresentação de trabalhos de alunos participantes da “Campanha de Incentivo à Escolarização de Crianças e Jovens em Contínuo Tratamento de Saúde em Hospitais, Ambulatórios e Domicílios”

16:30 às 17:30 – Mesa Redonda

Avaliação e Resultados da “Campanha de Incentivo à Escolarização de Crianças e Jovens em Contínuo Tratamento de Saúde em Hospitais, Ambulatórios e Domicílios”

Escolas Participantes Públicas e Particulares

Colégio COPI

Universidade Paulista – UNIP

E.E. Padre Afonso Paschotte –  D.E. Mauá

E.E. Washington Luiz Pereira de Souza – D.E. Arujá

17:30 às 18:30 – Estudo de Caso

Diretoria de Ensino Centro Sul e  Escola de Origem- Classe Hospitalar 

26 de Maio de 2017

8:30 às 9:30 – Mesa Redonda

 Parceria saúde e educação – Por que é tão relevante?

Coordenador: Prof. Dr. Clóvis Eduardo Tadeu Gomes

– Emergência das Doenças Crônicas na Infância e Adolescência

Profa. Dra. Ana Lucia Goulart

– Unidade de Diálise do HU/HSP – uma experiência exitosa

Profa. Dra. Maria Cristina Andrade

– A criança e o adolescente vítima de violência – quando suspeitar?

Profa. Dra. Soraia Tahan

9:30 às 10:30 – Mesa Redonda

O Papel e Ações das Associações no Processo de Desenvolvimento dos Alunos em Situação de Doenças Crônicas

Instituto Mauricio de Sousa – Representante: Roberto Ruggeri

Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia – ABRALE – Representante: Melissa Pereira;

Hospital Emilo Ribas – Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo – Representante: Profa. Dra. Marinella Della Negra

ACREDITE – Associação Amigos da Criança com Doenças Reumáticas – Representante: Leda Pinheiro

10:30 às 11:00 – Intervalo – Sessão Pôster/ Visitação à Galeria

11:00 às 12:00 – Conferência

Profa. Dra. Maria Teresa Eglér Mantoan 

12:00  às 12:30 –  Intervalo – Sessão Pôster

Projeto Fuxico

14:00 às 16:00 – Workshop

O que significa perfil profissional????

Laise Nucci – Coordenadora de Recursos Humanos SPDM – Hospital São Paulo 

16:00 às 17:00

A Campanha de Incentivo ao Escolar em contínuos Tratamentos de Saúde e suas Repercussões na Formação Profissional para o Trabalho com Alunos em situação de contínuos Tratamentos de Saúde

Alunos do Curso de Pedagogia Hospitalar:

Maria Aparecida Monson- Monitora

Heber Rocha Soares

Márcia Regina Duarte Tordin

Monica Madeira Freitas

Tecnologia da Informação como elo entre a Classe Hospitalar e a Escola Regular

Profa. Dra. Adriana Garcia  – UFSCAR

17:00 às 18:00 – Conferência

Prof. Dr. Marcelo Gomes

Conferência: Emoções e Aprendizado  Implicações na criança sob cuidados contínuos de saúde.

 Encerramento

Profa. Dra. Léa Chuster Albertoni – Gestora do Programa de Atendimento Pedagógico e Educacional ao Escolar em Tratamento de Saúde do Departamento de Pediatria EPM/UNIFESP – HU Hospital São Paulo
Coordenadora – Área da Educação

Profa. Dra. Ana Lucia Goulart – Chefe do Departamento de Pediatria da EPM/UNIFESP
Coordenadora – Área da Saúde

Participação Especial – Convidado Estrangeiro:

Cristian Marchant
Coordinador Académico de la Fundación Carolina Labra

Palestrantes Confirmados:

Profa. Dra. Maria Teresa Eglér Mantoan

Prof. Dr. Lino de Macedo

Profa. Dra. Eneida Simões da Fonseca

Profa. Dra. Adriana Garcia

Participação Especial:

Departamento de Recursos Humanos – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina- SPDM

Alunos e Ex-alunos do Curso de Extensão de Pedagogia Hospitalar UNIFESP: R$ 80,00 (mediante a confirmação)

Profissionais da Área: Até 18/05 R$ 150,00

A partir de 19/05: R$ 170,00 (valor da inscrição realizada no local)

Informações aos congressistas

Data limite para envio de trabalhos: 05/05/2017. Os trabalhos deverão ser encaminhados ao endereço eletrônico: congresso.classehospitalar017@gmail.com até o dia 10/05/2017

Após o dia 10 de maio será divulgada no site http://www.spdm.org.br/educacao a relação completa dos trabalhos aprovados. Neste mesmo site será possível obter e imprimir a Carta de Confirmação do Trabalho. Ademais, em 22 de maio estará disponível neste local a relação das salas, dias e horários das apresentações.

No momento da inscrição, o autor deverá informar sua opção de forma de apresentação de seu trabalho, ou seja, na forma Pôster ou Tema Livre Oral.

Normas para elaboração dos Resumos nas modalidades Pôster e Temas Livres e Orais
• Todo trabalho deve ser enviado em arquivo Microsoft Word, fonte Times New Roman, tamanho 12, cor preta, espaço simples, com a seguinte formatação: Título em Negrito, com letras em CAIXA ALTA e justificado à esquerda, deixar espaço de uma linha. Na linha seguinte, informar nome completo do (s) Autor (es) e Orientador, alinhados à direita. Na linha abaixo, informar o nome da Instituição, cidade, estado. Os resumos deverão conter no máximo 300 palavras incluindo espaços, títulos e corpo do trabalho. As margens (superior, inferior, direita e esquerda) devem ser de 2,5cm.
O Orientador, quando for o caso, deverá estar nominado como último Autor. Incluir de 3-5 palavras-chaves (descritores), ao final do trabalho. O resumo deverá incluir referências bibliográficas (de acordo com as normas da ABNT – 2002). Também deverá constar o endereço completo, telefone e e-mail do autor principal, para possível publicação.

  • Deverão ser encaminhados dois arquivos. O primeiro arquivo deverá ser completo e o segundo ser elaborado sem nomes e identificações dos autores avaliação na modalidade cega.
    • Os resumos devem ser confeccionados, conforme modelo a seguir, em português em arquivo Microsoft Word (.doc ou .docx) com espaçamento simples.

Orientação Geral aos Autores:

  • Não será permitido alterações do conteúdo dos resumos após a conclusão do processo de submissão dos trabalhos para apreciação da Comissão Científica.
    • Os resumos devem ser elaborados na seguinte estrutura: Título do trabalho: margens justificadas e letras em “caixa alta e baixa” e em negrito.
    • Autores e coautores com SOBRENOME EM “CAIXA ALTA”, seguido de vírgula e das iniciais, também em “caixa alta” seguidas de ponto. A citação de Autor e Coautor deve ser separada por ponto e vírgula. As instituições de vínculo do autor e dos coautores devem ser elencadas logo abaixo deles, identificadas por números sobrescritos após a última inicial de cada autor.
    Na sequência, na próxima linha, deve constar o endereço eletrônico do autor inscrito.
    • O autor do trabalho deverá estar inscrito no Evento antes do envio do trabalho, e no resumo, este deverá estar sublinhado.
    • O resumo inicia-se duas (02) linhas abaixo da identificação dos autores e deve ter a seguinte estrutura: Introdução, Material e Métodos/Relato(s) de Caso(s), Resultados e Discussão, Conclusão.
    • Os resumos não deverão conter referências bibliográficas, tabelas, gráficos ou figuras.
    • Não utilizar subtítulos no texto (Introdução, Material e Método, Resultados…).
    • O resumo em documento WORD deverá ser enviado duas vezes tal como disposto no item 2 destas normas.
    • As informações contidas nos resumos devem ser cuidadosamente revistas pois serão publicadas nos Anais exatamente como foram submetidas.
    • O título deve ser claro, breve, e indicar a natureza do trabalho.
    • Somente serão apresentados e publicados nos Anais os trabalhos selecionados pela Comissão Científica e dentro das normas estabelecidas.
    • Todos os trabalhos enviados ao congresso serão revisados por três membros da Comissão Científica preservando-se a identidade dos autores (avaliação cega)
    • O autor apresentador regularmente inscrito fará jus ao certificado disponibilizado no site (www.congressosbdv.com.br) logo após o término.

Local das Apresentações dos Trabalhos Científicos: Salas 1 e 2 do Complexo SPDM
Os trabalhos deverão ser enviados exclusivamente via correio eletrônico (e-mail)

Modalidade de Trabalho
Poster

  • Pôster:

Tempo de apresentação: 2h de fixação. Dimensões máximas do pôster/painel: 1,00 x 1,30m (largura x altura). Estrutura do pôster: Resumo de até 300 palavras deverá conter: Introdução, Objetivos, Metodologias, Resultados e Conclusão.
Obs.: não serão permitidos gráficos, figuras e tabelas nos resumos. Entretanto, a restrição de gráficos, figuras e tabelas é apenas para o arquivo enviado para a aprovação e publicação. Quanto à apresentação, pôsteres e temas livres orais podem utilizar elementos visuais como gráficos, figuras e tabelas.
As questões estéticas e visuais das apresentações de Pôsteres são de livre escolha individual de cada autor, desde que sejam respeitadas as dimensões determinadas.
Normas para elaboração de Pôster nas modalidades:
.A -Relatos de Experiência
B- Pesquisas Concluídas ou em Andamento
Instruções para elaboração de Pôster (ambas as modalidades):
• Dimensão: o tamanho recomendado é largura 85 cm (largura) x 100 cm (altura). O material deverá ser adequado à fixação com fita dupla-face ou similar.
• Fonte Arial tamanho 20 ou superior.
• Configuração:
• Título
• Nome completo e endereço (e-mail) de todos os autores.
• Identificação da instituição onde a experiência a ser relatada ou da pesquisa foi ou está sendo conduzida:
• Identificação do local onde o trabalho a ser exposto foi realizado: casas de apoio, hospitais, ambulatórios, domicílios ou escolas
• Composição:
Para a modalidade: Relatos de Experiência
Itens: Resumo, objetivos, relato da proposta pedagógica e educacional segundo: planejamento das atividades, discussão, conclusão e resultados das ações realizadas. Palavras- chave: de três a cinco.
Para a modalidade Pesquisas Concluídas ou em Andamento:
Itens: Resumo, objetivos, material e métodos, resultados e discussão; conclusões e referências bibliográficas;
Informar a instituição de fomento, se houver
Palavras-chave: de três a cinco.
Para cada pôster estará reservado, no dia da apresentação, um espaço identificado com um número.
Os horários de apresentação constarão da programação geral.
Na data programada, o autor deverá levar o pôster já pronto e fixá-lo no espaço sinalizado. Os pôsteres devem ser fixados pelos autores com, no mínimo, 30 minutos de antecedência, de forma que a apresentação possa ser iniciada no horário programado.
O autor apresentador, regularmente inscrito, deverá entregar o Pôster à Comissão Organizadora no local do evento, no dia marcado para sua apresentação e caso necessário, será comunicado e deverá estar disponível para elucidação de dúvidas em data previamente estabelecida pela Comissão Científica.
Apresentação:
Durante a apresentação, será necessária a presença constante de, no mínimo, um dos autores junto ao pôster para atender ao público interessado e fazer a sua integração com os demais autores da sessão.
O pôster somente deverá ser retirado após o término da sessão.
O número máximo de autores por pôster é de seis (6) pessoas.

 

Eixos Temáticos do Congresso

– A Reinserção Escolar do Aluno com Doenças Crônicas na Perspectiva da Educação Inclusiva;

– Integração Saúde e Educação na Escola;

– Perfil Profissional e a Demanda do Trabalho nas Classes Hospitalares;

– Classe Hospitalar e a Escola Regular: Construindo Parcerias

Orientações para Participação da Campanha de Incentivo à Escolarização de Crianças em Contínuo Tratamento de Saúde

Projeto Piloto:

Campanha de Incentivo à Escolarização de Crianças e Jovens em Contínuo Tratamento de Saúde em Hospitais, Ambulatórios e Domicílios  – SÃO PAULOABRIL/2017

APRESENTAÇÃO: O trabalho pedagógico e educacional realizado nas Classes Hospitalares baseia-se em práticas que permitem melhores condições para o reingresso de alunos à escola regular, uma vez que elas atuam sobre necessidades e/ou dificuldades de aprendizagem, resgatando o prazer de aprender e, consequentemente, melhorando a qualidade de vida. Promover a parceria entre as Classes Hospitalares e as Escolas Regulares torna-se essencial no combate à evasão escolar e favorece a continuidade do desenvolvimento evolutivo desses alunos. Na mesma proporção de importância, destaca-se o apoio das ações que aproximem os profissionais das áreas da Saúde e da Educação no âmbito público e privado para que os direitos básicos de crianças e adolescentes sejam respeitados. É sob essa perspectiva que comemoramos a Semana Municipal de Conscientização dos Direitos da Criança e do Adolescente em Atendimento Pedagógico Contínuo em Hospitais, Ambulatórios e Domicílios, que é celebrada na quarta semana do mês de maio, conforme Lei nº 16.530, de 08/08/2016, de autoria do vereador Aurélio Nomura.

Campanha de Incentivo à Escolarização de Crianças e Jovens em Contínuo Tratamento de Saúde em Hospitais, Ambulatórios e Domicílios

Neste ano de 2017lançamos a Campanha de Incentivo à Escolarização de Crianças e Jovens em Permanente Tratamento de Saúde em Hospitais, Ambulatórios e Domicílios que se inicia como Projeto Piloto, abrangendo as Escolas Públicas da Capital e Grande São Paulo, assim como alunos e professores das classes hospitalares, como oportunidade de reflexão sobre essa modalidade de atendimento educacional, que é Direito à Saúde e Educação de nossos alunos.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

  • Trata-se de um projeto piloto que contará com a participação de Classes Hospitalares e Escolas vinculadas a Rede  Estadual de Ensino e da Rede Particular.
  • Palavras chave: Direito Educação, Saúde, Inclusão, Doença Crônica.

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL DAS ESCOLAS ESTADUAIS:

  • E. Washington Luiz Pereira de Souza – D.E. Arujá
  • E. Prof. Pedro Voss – D.E. Centro Sul
  • Classe Hospitalar – Santa Casa de Misericórdia de Limeira – D.E. Limeira
  • E. Victor Oliva – Hospital Emílio Ribas – D.E. Centro Sul
  • E Caetano de Campos Aclimação – D.E. Centro Sul
  • E Dr. Murtinho Nobre – D.E. Centro Sul
  • E. Padre Afonso Paschotte – D.E. Mauá
  • E. Nossa Senhora Aparecida – D.E. Centro Sul
  • UNIP – Universidade Paulista
  • COPI- Colégio Paulista

Comissão Organizadora da Campanha de Incentivo à Escolarização de Crianças e Jovens em Contínuo Tratamento de Saúde em Hospitais, Ambulatórios e Domicílios

 

Léa Chuster Albertoni

Aparecida Soares Cabral Monson

Marcia Gambôa

Alzira Held

 

 Comissão dos Alunos do Curso de Extensão em Pedagogia Hospitalar-UNIFESP que participam da Campanha

Heber Rocha Soares

Roseli Rodrigues de Lima e Silva

Márcia Regina Duarte Tordin

Monica Madeira Freitas

Silvia  Milena Miranda da Costa

Silmara Borges da Silva Franco

Renato dos Santos Paladini

COORDENAÇÃO:

Professora Afiliada do Departamento de Pediatria EPM/UNIFESP

Gestora do Programa de Atendimento Pedagógico e Educacional ao Escolar em Tratamento de Saúde do – do Departamento de Pediatria-EPM/UNIFESP /HU Hospital São Paulo.

PATROCINADORES:

Datas do Evento

Campanha de Incentivo à Escolarização de Crianças e Jovens em Tratamento de Saúde em Hospitais, Ambulatórios e Domicílios – Inicio: 10/04/2017

2º Congresso do Estado de São Paulo no Apoio ao Escolar em Tratamento de Saúde – de 25/05/2017 à 26/05/2017

Local do Congresso

SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina – Prédio Corporativo
Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 – 2º SS – Vila Clementino – SP
tel: (11) 5084-8964

Garanta Já Sua Vaga

Garanta Já Sua Vaga

Faça Já sua Inscrição

Apoio