Dica Cultural

As Fantásticas Fábricas de Chocolate

As Fantásticas Fábricas de Chocolate

Em um enorme rio de chocolate, um barco divertidíssimo se dirige para vários departamentos simplesmente deliciosos, onde são criadas as mais maravilhosas delícias que se possa imaginar: chicletes, tortas e até bolhas flutuantes!

Tudo isso em um cenário super colorido e com pequenos seres cor de laranja, os Oompas Loompas, que param seus trabalhos para apresentar, em coreografias engraçadas, lições de moral sobre algo que os visitantes aprenderam em cada uma das salas.

O mestre de cerimônias? O excêntrico e solitário Willy Wonka, um sujeito com roupas e trejeitos espalhafatosos, que inventou cada uma das coisas dessa fábrica incomum. Para conhecer esse lugar mirabolante, é preciso encontrar um papel dourando, que embrulha um delicioso chocolate Wonka.

Não é um sonho: é a história das Fantásticas Fábricas de Chocolate – assim no plural, pois o primeiro filme, fantasioso e divertido, lançado em 1971, mereceu uma refilmagem mais extravagante (no bom sentido, é claro), em 2005.

As duas versões têm lá seus encantos. Na mais velhinha, um incrível Sr. Wonka (Gene Wilder), se diverte observando um por um os pequenos visitantes e seus pais caírem na armadilha de suas próprias falhas: a gula, a soberba, a desobediência e assim por diante.

O filme é uma verdadeira poesia à humildade e simplicidade de um coração puro, enchendo os olhos – e a boca de água – com as imagens de cada uma das salas de invenção.

Já na refilmagem, Willy Wonka (Johnny Depp) é um homem solitário com um passado sofrido (parte da história criada especialmente para essa versão) que se afastou do convívio social para não ter seu coração quebrado mais uma vez.

Aqui também ele assiste seus hóspedes tropeçarem em seus defeitos, mas com um tiquinho de decepção e uma ponta de tristeza. O tom agora é mais de eleger um escolhido por eliminação.

O cenário desse segundo filme é, ao mesmo tempo, uma homenagem ao primeiro e uma festa para os olhos de quem o vê.

Os dois valeram o ingresso, mas ao invés da pipoca, que tal um chocolate?

A Fantástica Fábrica de Chocolate (Willy Wonka & the Chocolate Factory, EUA, 1971), dirigido por Mel Stuart, com Gene Wilder, Jack Albertson, Peter Ostrum, Roy Kinnear, Julie Dawn Cole, Leonard Stone, Denise Nickerson, Dodo Denney, Paris Themmen, Ursula Reit, Michael Bollner, Diana Sowle, Aubrey Woods, David Battley, Gunter Meisner, Peter Cappell, Werner Heyking e Peter Stuart.

A Fantástica Fábrica de Chocolate (Charlie and the Chocolate Factory, EUA, 2005), dirigido por Tim Burton, com Johnny Depp, Freddie Highmore, AnnaSophia Robb, David Kelly, Helena Bonham Carter, Noah Taylor, James Fox, Missi Pyle, Christopher Lee, Deep Roy, Eileen Essell, Adam Godley, Shelley Conn, Garrick Hagon e Mark Heap.

 2105
(1 Votar)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032