Notícias sobre saúde

No Dia Mundial do Coração, aproveite e cuide um pouco do seu

No Dia Mundial do Coração, aproveite e cuide um pouco do seu

O coração é um órgão muscular que tem em média o tamanho de um punho fechado. Podemos falar que, basicamente, sua função é bombear sangue rico em oxigênio para todo o corpo. Ele recebe, ao fim do ciclo, o sangue sem oxigênio e com alto teor de gás carbônico e renova o processo.

Essa atividade é de extrema importância para o funcionamento de todo o organismo: todos os órgãos, glândulas e até mesmo o tecido necessitam desse oxigênio para funcionar.

Cuidar da saúde do coração não é complicado, mas é necessário; e a chave de tudo é equilíbrio.

“Para manter o coração saudável é preciso cuidar da alimentação, manter uma rotina de exercícios físicos, controlar o peso e diabetes, fazer um check-up anual e visitar regularmente o médico. E todos esse pontos são igualmente importantes”, explica Pedro Duccini, cardiologista do Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence, em São José dos Campos, unidade gerenciada pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM).

Vejas as dicas para te ajudar a cuidar do coração:

- Substitua o sal por temperos naturais, como cebola, alho, gengibre e pimenta. O sal é um grande vilão da alimentação, pois tem muito sódio que, por sua vez, tem ação direta na pressão arterial e pode elevar o risco de doenças cardiovasculares.

- Controle o colesterol. O excesso de colesterol, uma espécie de lipoproteína com viscosidade parecida à cera, é perigoso, pois pode entupir as artérias e causar doenças cardiovasculares, que são a principal causa de morte nas sociedades desenvolvidas.

Não fume, em hipótese nenhuma. O cigarro tem mais que 5.000 substâncias tóxicas, e pode causar infarto.

Mexa-se. Ande, corra, pule, exercite-se. “A prática de atividade física regular traz diversos benefícios a nossa saúde, como equilíbrio do peso corporal, manutenção da massa magra, melhora na disposição, melhora da autoestima e até mesmo como tratamento não-medicamentoso no controle das doenças crônicas, como, por exemplo, hipertensão, dislipidemia, diabetes e até mesmo depressão”, explica Daniel Fernandes, supervisor e educador físico do Programa Saúde no Esporte, administrado pela SPDM

- Faça regularmente um check-up. Uma relação de confiança com o cardiologista, com controle das cardiopatias, aumenta a qualidade de vida.

Assessoria de Imprensa da SPDM

 2836
(2 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032